O que é?
Consiste em um exame médico com o objetivo de identificar patologias das cavidades nasais, da faringe e da laringe.

Como é realizado?
Através da introdução de uma fibra ótica flexível protegida por material sintético com 3,2 mm de diâmetro na cavidade nasal e/ou oral.
Para a introdução são aplicados sprays anestésicos tópicos alguns minutos antes do exame. O mesmo tem duração aproximada de 10 minutos.
É recomendado jejum de apenas 2 horas.

Quando deve ser realizado?
Auxilia no diagnóstico das patologias da via aérea superior. Com ele podemos identificar alterações anatômicas como desvios de septo, hipertrofia de cornetos, de amígdalas e de adenóide, polipose nasal, nódulo nas pregas vocais, sinais sugestivos de doenças inflamatórias e infecciosas como sinusites, rinites, faringites, laringites; sinais de doenças oncológicas como tumores nasais, faringe e laringe e sinais de doença do refluxo gastro esofágico. Também pode auxiliar no diagnóstico de alterações relacionadas ao ronco e apnéia.

Em algumas situações, como exames detalhados de voz ou necessidade de procedimentos nasais, pode-se lançar mão da endoscopia com fibroscópios rígidos de laringe ou nariz.
Compartilhe: