Holter é um teste não invasivo amplamente utilizado para avaliar anormalidades do ritmo cardíaco.

Como em todos os outros exames complementares, a história clínica detalhada será o determinante de sua indicação. Sua função vai desde o diagnóstico, quantificação e caracterização da arritmia, estratificação de risco, até a avaliação da terapêutica instituída. A utilidade clínica reside na sua capacidade de analisar o ritmo cardíaco do paciente ao longo de um período de tempo prolongado durante atividades de rotina normais. Monitora o paciente realizando a gravação de um eletrocardiograma portátil, de maneira contínua, no período de 24 horas, sendo possível estender o período de monitorização, a critério clínico.

Em contraste com o ECG padrão, que oferece uma imagem fixa de 12 derivações de eventos elétricos ao longo de uma curta duração, o Holter fornece uma monitorização durante um período de tempo prolongado, permitindo avaliação de alterações cardíacas dinâmicas, que muitas vezes, são transitórios e de breve duração.

Preparo
• Tomar banho antes do comparecimento à clínica.
• Não usar cremes na pele do tórax antes do procedimento.
• É fundamental, em caso de pacientes portadores de marcapasso, trazer a carteirinha de identificação do marcapasso. A falta destas informações prejudica a análise e interpretação do exame.

Como é feito
Os eletrodos são aderidos ao tórax do paciente e conectam-se ao gravador por meio de cabos. O monitor é fixado à cintura do paciente.

O paciente é orientado a acionar o botão de eventos sempre que apresentar um sintoma e a redigir um diário com as atividades realizadas no dia da monitorização e seus respectivos horários.

Após a instalação, o paciente é liberado para seguir sua rotina diária normal e todo comportamento da atividade elétrica do coração no período da monitorização ficará registrado no gravador e será a matéria-prima básica para a avaliação médica.

Orientações durante o período que permanece com o Holter
• Não deitar sobre colchões ou travesseiros magnéticos, pois os mesmos emitem ondas que interferem impedindo a gravação da atividade elétrica do coração.
• Liberada a utilização de telefones celulares, microondas e todos os equipamentos eletrodomésticos.
• Orientação após a retirada do Holter.
• Utilizar creme hidratante após o banho.
• Se apresentar lesões nos locais de colocação dos eletrodos, entrar em contato com o seu médico.
• Não expor a pele onde estavam os eletrodos ao sol por 3 a 5 dias.
Compartilhe: