Doença do Refluxo Gastroesofágico

16/09/2014 É a doença mais frequente nos consultórios de Gastroenterologia.  Acomete homens e mulheres e afeta bastante a qualidade de vida dos pacientes. Ocorre por uma ineficiência da musculatura entre o esôfago e o estômago.  Os sintomas mais frequentes são pirose (azia), regurgitação, rouquidão, tosse seca e sensação de uma bola na garganta. Pode haver associação com a tão conhecida hérnia de hiato e esta pode dificultar muito o controle dos sintomas.

O diagnóstico é clínico, ou seja, através dos sintomas e da história contada ao médico, porém a endoscopia digestiva alta é o exame complementar mais utilizado para a avaliação do paciente.

O tratamento é feito com medicamentos, controle do peso, retirada de alimentos que causam o refluxo, além da modificação dos hábitos de vida. Orientação nutricional tem papel importantíssimo. Se não for tratada, a doença pode evoluir com inflamação grave do esôfago e progredir até para o câncer. Alguns pacientes precisam realizar tratamento cirúrgico.

Informe-se! Consulte um Gastroenterologista!
Compartilhe: